uJFGst3D4nT4FQD91vOi

"O OE para 2021 não tem credibilidade”

  • 0
  • 0

O antigo presidente da PT, Luís Todo Bom, propõe que "o Banco de Fomento, em processos de fusão e aquisição que criem empresas de dimensão europeia, devia estar disponível para participar no capital dessas empresas, reforçando os seus balanços durante algum tempo”, considerando que “se continuamos com estas empresas muito pequenas, não vamos a lado nenhum e o empobrecimento é garantido”

17 Oct 2020

43 Visualizações

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Vídeos em Destaque