servicodesaude
  • 1
  • 1
Introdução, Reportagem e Convidados

Os cuidados paliativos como área médica que permite morrer sem sofrimento, com dignidade e qualidade de vida, a doentes oncológicos, com doenças incuráveis ou terminais. O apoio psicológico dos doentes, cuidadores e famílias.

17 Nov 2009

879 Visualizações

cuidados, doença, incurável, morrer, oncológica, terminal

  • 0
  • 0
A experiência do Voluntariado

A experiência do voluntariado: o privilégio e a compaixão. Formação e integração numa equipa de Cuidados Paliativos. Os momentos de felicidade e alegria.

17 Nov 2009

653 Visualizações

compaixão, equipas, experiência, formação, integração, voluntariado

  • 0
  • 0
Falta de sensibilização dos médicos

Falta de sensibilização dos médicos e futuros médicos para a necessidade de cuidados paliativos. A formação dos profissionais de saúde e o reconhecimento do doente paliativo

17 Nov 2009

448 Visualizações

estudantes, médicos, sensibilização

  • 0
  • 0
Caso extremo Família Oncológica sem Apoio (tel.)

Caso extremo de Família com doença oncológica sem Apoio. Exaustão familiar como critério de internamento em Unidades de Cuidados Paliativos.

17 Nov 2009

319 Visualizações

cuidados

  • 0
  • 0
Doentes terminais não chegam aos Serviços

Doentes terminais não chegam aos Serviços/Unidades de Cuidados Paliativos. A referenciação do doente e o papel da família.

17 Nov 2009

351 Visualizações

cuidados, doentes, serviços, terminais

  • 0
  • 0
Apoio Domiciliário escasso

Equipas de Apoio Domiciliário escassas em Portugal. Falta de profissionais de Saúde numa área médica relativamente nova.

17 Nov 2009

221 Visualizações

equipas

  • 0
  • 0
Apoio aos Cuidadores dos doentes

Apoio às Famílias dos doentes. Rede Nacional de Cuidados Integrados com vários tipos de Unidades: Paliativos e Convalcença sem custos; Média e Longa duração dependente do rendimento do agregado familiar.

17 Nov 2009

638 Visualizações

agregado, cuidados, custos, paliativos, rendimento

  • 1
  • 0
Apoio Domiciliário às Famílias

Apoio Domiciliário às Famílias praticamente inexistente em Portugal. Critérios de Internamento pela "exaustão dos cuidadores". O caso dos idosos.

17 Nov 2009

304 Visualizações

apoio, cuidadores, domiciliário, famílias, idosos, unidades

  • 0
  • 0
Unidades - O que são e critérios de entrada

Unidades de Cuidados Paliativos. O que são e critérios de entrada: doenças sem cura, mesmo sem serem terminais: oncológicas, neuromusculares, "insuficiência de órgão" ou demência avançada. Inexistência de especialistas em cuidados paliativos pediátricos.

17 Nov 2009

217 Visualizações

critérios, cuidados, entrada

  • 0
  • 0
Chegar às Unidades

Como chegar às Unidades de Cuidados Paliativos – a referenciação do doente a partir do hospital ou Centro de Saúde para Internamento ou ainda pela detecção de casos ao domicílio

17 Nov 2009

162 Visualizações

cuidados, hospital, internamento, referenciação

  • 0
  • 0
Apoio às Famílias dos Doentes

A referenciação do doente para Unidades de Cuidados Paliativos. O apoio às Famílias e Cuidadores do doente: inclusão nas decisões terapêuticas e acompanhamento psicológico no pré e pós luto

17 Nov 2009

260 Visualizações

apoio, cuidados, domicílio, família, psicológico, referenciação

  • 0
  • 0
Doentes Oncológicos e outros Doentes

As unidades de cuidados paliativos e a intervenção de várias especialidades médicas: doentes oncológicos, com esclerose múltipla, doenças pulmonares, que tiveram AVC ou têm insuficiência cardíaca.

17 Nov 2009

262 Visualizações

cardíaca, cuidados, doentes, doença, oncológicos, paliativos, pulmonar, unidades

  • 0
  • 0
Caso Márcia - Coragem para vencer a doença

Caso de uma mãe jovem, doente oncológica incurável. O apoio das Unidades de Cuidados Paliativos, ao doente e à família. Controlar a dor e o apoio psicológico.

17 Nov 2009

1491 Visualizações

apoio, cuidados, doença, incurável, oncológica, psicológico, terminal

  • 0
  • 0
Transplante - Perfil e Acompanhamento psicológico

Transplante Hepático: o perfil do receptor do fígado e o seu acompanhamento psicológico no pré e pós operatório. Avaliação da capacidade do doente cumprir a terapia no pós-operatório e das garantias que não vai novamente cair nos factores de risco: álcool e drogas, por exemplo.

21 Jan 2010

566 Visualizações

perfil, psiquiatria, receptor, terapia