sZcyDGOaBSscy3cdFPpZ

Portas defende que contrapartidas dos submarinos foram deficientes desde o iníci

  • 0
  • 0

Paulo Portas defendeu esta sexta-feira que o processo das contrapartidas, no negócio dos submarinos, teve deficiências desde o início. Ouvido na comissão de inquérito sobre material militar, na condição de ex-ministro da Defesa, garantiu também que a renovação dos equipamentos era essencial para evitar o colapso das Forças Armadas. Portas sublinhou ainda que a maioria das decisões sobre a compra dos submarinos foi tomada por governos socialistas.

18 Jul 2014

1488 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque