fW6KT7s30klGjsKDWL8t

STE satisfeito com teto máximo de 48.500 euros, mas quer alterações na mobilidad

  • 0
  • 0

O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE) considera que o novo teto proposto para as rescisões é razoável, mas opõe-se às novas regras da mobilidade geográfica. O Governo admite agora pagar um subsídio de transporte aos funcionários que sejam transferidos. Mesmo assim, Bettencourt Picanço defende que deslocações acima dos 60 quilómetros são inaceitáveis.

15 May 2012

2143 Visualizações

sicnoticias

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque