dMZr7wpF2CeL8c9Z7qo6

"Gostávamos de não concorrer com os fornecedores"

  • 0
  • 0

Este é um ano difícil em termos económicos, mas Paulo Azevedo acredita que a Sonae vai conseguir crescer no retalho alimentar, do qual prevê a sua estabilização. No retalho não alimentar, o presidente da Sonae admite que o mercado pode descer.
O crescimento, no entanto, será feito por via orgânica. É que Paulo Azevedo diz gostar da concorrência. É também por isso que exclui a integração vertical da Sonae, ainda que tenha alguma presença na produção.

22 Mar 2011

440 Visualizações

azevedo2, paulo

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque