cuaZo65IUWZTPD32la1R

Corte de 4 mil milhões de euros é inevitável para o FMI

  • 0
  • 0

O chefe da missão do FMI em Portugal, Abebe Selassie, diz que a única alternativa ao corte de 4 mil milhões de euros na despesa seria aumentar ainda mais os impostos mas considera que a carga fiscal já atingiu o ponto limite. A ideia foi defendida numa conferência ao telefone, onde alertou também para os fortes riscos que ameaçam o programa da troika.

18 Jan 2013

324 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque