ZfDi2vo9KCIiJpVDqI8b

Suspeito de atear incêndio do Caramulo está em prisão preventiva

  • 0
  • 0

A normalidade voltou, pelo menos para já, à região do Caramulo onde durante dez dias ardeu o mais violento incêndio deste ano e que provocou três mortes. O homem de 20 anos suspeito de ter ateado o incêndio florestal na serra do Caramulo ficou em prisão preventiva. A medida de coação foi-lhe aplicada depois de ter sido ouvido no primeiro interrogatório, que decorreu no Tribunal de Viseu.

02 Sep 2013

180 Visualizações

notícias, portocanal

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque