WjHPE2DlwUKGB4jntppz

Fazer das cinzas fragmentos de memória

  • 0
  • 0

Entre o fogo, o trabalho dos bombeiros e o cenário aterrador que sobrou no fim, há imagens do incêndio no Chiado que se inscreveram entre as incontornáveis da história recente do país. Quatro fotojornalistas que viveram intensamente aquele 25 de Agosto de 1988 reúnem esses fragmentos de memória no livro "O Grande Incêndio do Chiado", que será lançado este domingo. Rui Ochoa e Alfredo Cunha recordam como, naquele dia, tropeçaram numa história de "heroicidade e solidariedade".

22 Aug 2013

702 Visualizações

chiado, cunha, fotojornalismo, incêndio, lisboa, ochoa

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque