WEw778CuRirzchiwjhZy

GEOTA propõe sistema energético mais sustentável

  • 0
  • 0

A organização ambientalista GEOTA divulgou esta terça-feira em Lisboa um relatório sobre fiscalidade e incentivos no sector energético, onde contabiliza 4,3 mil milhões de euros pagos por ano pelo Estado em subsídios perversos. No relatório, desenvolvido no âmbito do projecto Reforma Fiscal Ambiental, o GEOTA defende que o Estado deixe de pagar essa verba e use metade, 2 mil milhões de euros, para reduzir os impostos sobre o rendimento do trabalho, e a outra metade em medidas de eficiência energ

20 Nov 2013

145 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque