W6TEaFFIrSCnQaQrpf13

Ministério Público pediu 5 anos de prisão efectiva

  • 0
  • 0

O Ministério Público pediu pelo menos cinco anos de prisão efectiva para o professor universitário de Évora acusado de se fazer passar por mulher para conquistar homens através da Internet. Segundo a acusação, o docente terá enganado várias vitimas -algumas durante anos – e, terminadas as relações passava a chantagear as vítimas e familiares.

30 Nov 2011

404 Visualizações

sicnoticias

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque