UZZ7f26AZ9mCZ7jzOniD

Primeiro-ministro admite mais cortes, mas não antecipa medidas

  • 0
  • 0

Pedro Passos Coelho admitiu que os impostos não vão descer em 2014 e que o corte de 4 mil milhões de euros na despesa pública vai atingir todas as áreas do Estado. Em entrevista à TVI, o primeiro-ministro não quis explicar quais os cortes que serão feitos no Estado Social mas garantiu reduções nos salários, pensões e despesas sociais.

29 Nov 2012

1039 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque