UZQDavBWGZDQTP65KaVA

Procuradora-Geral da República admite discutir acordos em sentenças penais

  • 0
  • 0

A Procuradora-Geral da República admite discutir a realização de acordos em sentenças penais mas só depois do parlamento legislar sobre o assunto. Joana Marques Vidal emitiu na última sexta-feira uma diretiva na qual proíbe os procuradores de realizarem acordos em sentenças penais, uma solução rara que foi esta semana sugerida por alguns advogados no âmbito do processo Remédio Santo, onde há 18 arguidos acusados de burlar o Serviço Nacional de Saúde.

02 Mar 2014

709 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque