UHGVG4lSQ2dDWqh1whew

Partidarização da função pública

  • 0
  • 0

A alegada partidarização do aparelho do estado em Moçambique continua na ordem do dia. Alias este e’ um dos pontos reivindicativos da Renamo nas negociações com o governo. Entende a Renamo que ser membro do partido Frelimo tem sido um critério para trabalhar no estado e que para ascender a cargos de direcção e chefia o requisito competência não tem sido prioritário mas sim, o grau de militância no partido.

23 Aug 2013

175 Visualizações

frelimo, governo, mozambique, reacao, renamo, tim

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque