R6ewAEfiGi5WmcZEgWu3

Dono de farmácia paga 56 mil euros por assédio

  • 0
  • 0

Susana Morais foi humilhada e obrigada a trabalhar numa cave, sem janelas nem cadeiras. A diretora-adjunta da Farmácia Barreiros, no Porto, vê agora o Tribunal do Trabalho de Valongo dar-lhe razão e condenou o patrão a pagar-lhe 56 mil euros por assédio.

03 Jun 2015

1180 Visualizações

assédio, cmtv, condenação, dono, farmácia, morais, porto, susana

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque