PPFeNsnlv1psphylJS9Z

MP diz que Maria de Lurdes Rodrigues contratou advogado sem concurso

  • 0
  • 0

O Ministério Público pediu a condenação de Maria de Lurdes Rodrigues a pena de prisão, que pode ser suspensa, caso indemnize o Estado. A antiga ministra da educação responde pelo crime de prevaricação. A acusação diz que violou as regras de contratação pública, ao contratar os serviços do advogado João Pedroso por ajuste directo, sem concurso.

17 Jul 2014

1483 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque