P1RUaTOAYntj6MSpeBVs

Passos não pagou contribuição em 2012 para "não gerar equívocos"

  • 1
  • 0

O primeiro-ministro justificou o facto de não ter pagado a dívida à Segurança Social de que teve conhecimento em 2012 com a intenção de "não gerar equívocos". Passos explicou que nessa altura esperava a decisão do Tribunal Constitucional sobre a reforma das pensões e não quis que o pagamento fosse visto como um privilégio.

11 Mar 2015

1841 Visualizações

renascenca

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque