NzgMhAfWaGeC8MhsbrZG

“Não lançar mais achas para a fogueira da pseudo-descoordenação que tem havido..

  • 0
  • 0

José Manuel Anes, professor de Criminologia da Universidade Lusíada do Porto, pede paciência para o caso, desvalorizando a descoordenação de que se fala, admite o efeito emocional da GNR, bem como a possibilidade de Pedro Dias estar a ser ajudado, além disso, fala de uma possível estratégia de engano ou indução de erro ao criminoso.

21 Oct 2016

26 Visualizações

achas, fogueira, lançar, mais, pseudo-descoordenação, que, “não

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque