NrmVgAykOWYWRHpGZeZz

Recebe apoio para superar morte

  • 0
  • 0

O filho de Carla Santos, assassinada pelo ex-companheiro em março deste ano, teve de receber apoio psicológico quase diário durante sete meses. Na noite do crime, o pai deixou-o sozinho em casa para matar a ex-mulher e depois usou o filho como um alíbi. Moisés Fonseca, autor confesso do crime começa hoje a ser julgado.

03 Dec 2014

469 Visualizações

cmtv

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque