ItcT1HaFEEJuqeTBVmLW

GEOTA diz que subsídios perversos no setor da energia custam ao Estado 4,3 mil m

  • 0
  • 0

O Estado paga mais de 4 mil milhões de euros por ano ao setor da energia em subsídios perversos e incentivos, segundo as contas da organização ambientalista GEOTA. Num relatório apresentado hoje na Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, sobre fiscalidade ambiental, Joanaz de Melo, da GEOTA defendeu que o Estado deixe de pagar essa verba e use metade, 2 mil milhões de euros, para reduzir os impostos sobre o rendimento do trabalho.

19 Nov 2013

198 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque