F1ohBsA4d5U1ZLoDPMlz

António Costa defende que comparticipação para plano Juncker fique fora das cont

  • 0
  • 0

A comparticipação dos países no plano europeu para o investimento estratégico não deve ser contabilizada para o apuramento do défice. A ideia foi defendida hoje por António Costa numa conferência promovida pela Aliança Progressista. O secretário-geral do PS diz que os países mais endividados podem ser penalizados e ter uma participação no programa mais limitada.

05 Dec 2014

110 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque