BoU2y6vIwGzh7MbSPTWe

Primeiro-ministro da Ucrânia acusa Rússia de ter "declarado guerra"

  • 0
  • 0

A Ucrânia mobilizou todos os militares que tem na reserva perante a ameaça de uma intervenção militar russa na Crimeia. Multiplicam-se os esforços diplomáticos para uma solução pacífica. Os embaixadores da NATO reúnem-se hoje em Bruxelas, um dia depois de o parlamento russo ter autorizado intervenção militar na península da Crimeia. A comunidade internacional renovou entretanto o apelo à calma e ao diálogo entre a Rússia e a Ucrânia.

02 Mar 2014

2142 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque