ANcaCEW4JA6iNob52PZN

Homicida de advogada diz que cometeu crime "sem querer"

  • 0
  • 0

O homem acusado de ter assassinado à pancada a advogada Natália de Sousa, em maio de 2014, no escritório da vítima, em Estremoz, disse nesta terça-feira, na primeira sessão do julgamento, que não se lembra de nada devido à medicação que está prescrita pelo psiquiatra. "Cometi um crime sem querer", disse Francisco Borda D'Água.

18 Mar 2015

357 Visualizações

advogada, borda, cmtv, crime, d'água, estremoz, francisco, homicida

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque