8yuTtaTaMvqC9AEoMtUA

"É o que pode ser"

  • 0
  • 0

No dia em que o Orçamento do Estado para 2015 é apresentado no Parlamento, o primeiro-ministro vem dizer que "É o que pode ser".
Pedro Passos Coelho diz que o pior já passou, que o país ainda está sujeito a condicionamentos externos mas já começou a devolver cortes e até aumentou o salário mínimo nacional. Mas recusa a expressão "austeridade eleitoralista" e aponta o dedo à oposição que "gulosamente" olha para as próximas eleições.

21 Oct 2014

1608 Visualizações

sicnot

Estatísticas do vídeo

Mostrar:

Comentários

Vídeos em Destaque